Quem sou eu

Minha foto
Seja bem vindo ao REINO DE DEUS!!! saber quem somos em cristo, nos liberta da necessidade de emprecionar as pessoas........................................................................ twitter @gladstonmartins facebook = http://www.facebook.com/profile.php?id=100001098201240

Pesquisar este blog

Carregando...

Dinamicas para celulas

Dinâmicas Para Células


A Importância das Dinâmicas

Se você quer aprender a pregar a Palavra de Deus de uma maneira dinâmica, aqui você vai encontrar muitos recursos para auxiliar seu trabalho nas células.

Desafio dos Nomes

OBJETIVO: CRIAR VÍNCULOS, LIBERDADE E IDENTIFICAÇÃO.
FASE DA CÉLULA: GANHAR.
DURAÇÃO: 30 MINUTOS (CÉLULA DE 4 A 6 PESSOAS).
MATERIAL NECESSÁRIO: CARTOLINA OU PAPEL, REFRIGERANTE OU SUCO, CADEIRAS CONFORTÁVEIS.

O Jogo dos Bilhetes

OBJETIVO: EVANGELIZAR ATRAVÉS DE UMA COMUNICAÇÃO ALEGRE E DIVERTIDA, DE MELHOR COMPREENSÃO. AJUDAR AS PESSOAS A SE COMUNICAREM MAIS UMAS COM AS OUTRAS.
DURAÇÃO: 30 A 60 MINUTOS (CÉLULA DE 4 A 12 PESSOAS)
MATERIAL NECESSÁRIO: PEDAÇOS DE PAPEL, CANETAS, FITA ADESIVA

 

 

Quatro Tipos de Coração

OBJETIVO: LEVAR AS PESSOAS A DESCOBRIREM COMO É SEU CORAÇÃO?
FASE DA CÉLULA: GANHAR.
DURAÇÃO: 30 A 40 MINUTOS (CÉLULA DE 4 A 12 PESSOAS).
MATERIAL NECESSÁRIO: QUATRO VASOS SIMPLES, UM COM CONCRETO (CIMENTO ENDURECIDO), UM COM UMA PLANTA CHEIA DE ESPINHOS (CACTUS, ROSEIRA), UM COM PEDRAS E UM POUQUINHO SÓ DE TERRA, E UM COM UMA TERRA BEM MACIA, ADUBADA, DE PREFERÊNCIA COM UMA FLOR BONITA E VÁRIOS GRÃOS DE FEIJÃO

Rótulos

OBJETIVO: LEVAR A CADA PESSOA A VER COMO DEUS A VÊ. TAMBÉM FAZER AS PESSOAS ENTENDEREM COMO ELAS TRATAM AS OUTRAS POR APARÊNCIAS. ENSINAR COMO DEVO TRATAR O PRÓXIMO.
FASE DA CÉLULA: GANHAR
DURAÇÃO: 30 A 50 MINUTOS (CÉLULA DE 4 A 12 PESSOAS).
MATERIAL NECESSÁRIO: ETIQUETAS ADESIVAS E CANETAS HIDROCOR.

 

 

O Motivo Porque Sou Amado

OBJETIVO: LEVAR A CADA UM A CONHECER O AMOR DE DEUS POR SUA VIDA.
FASE DA CÉLULA: GANHAR.
DURAÇÃO: 20 A 30 MINUTOS (PARA UMA CÉLULA DE 4 A 8 PESSOAS).
MATERIAL NECESSÁRIO: CADEIRAS EM NÚMERO SUFICIENTE PARA A QUANTIDADE DE PESSOAS PRESENTE.

 

 

O Maior Leilão do Mundo

OBJETIVO: LEVAR A PESSOA VER O QUANTO ELA É VALIOSA.
FASE DA CÉLULA: GANHAR.
DURAÇÃO: 30 A 50 MINUTOS. (PARA UMA CÉLULA DE 4 A 10 PESSOAS).
MATERIAL NECESSÁRIO: FOLHAS DE PAPEL E CANETAS, UM ESPELHO ESCONDIDO DENTRO DE UMA CAIXA COM TAMPA (PODE SER UMA CAIXA DE SAPATOS), PAPEL DE PRESENTE, CARTOLINAS, FOLHA DE PAPEL CORTADO EM FORMA DE NOTAS E DEVE SE PROCURAR DESENHAR NESTA “NOTAS” VALORES, ALGUMAS COM VALORES BAIXOS OUTROS COM VALORES MÉDIOS E OUTROS COM VALOR MUITO ALTO (TIPO R$ 1.000.000,00, R$ 10.000.000,00, R$ 100.000.000,00, ETC).TALVEZ ATÉ SE FOR POSSIVEL FAZER ALGO PARECIDO COM “BARRAS DE OURO”.

 

 

A Viagem da Sua Vida

OBJETIVO: LEVAR CADA PESSOA A PENSAR O QUE REALMENTE É IMPORTANTE EM SUA VIDA.
FASE DA CÉLULA: GANHAR.
DURAÇÃO: 50 A 60 MINUTOS (PARA UMA CÉLULA DE 4 A 12 PESSOAS OU ATÉ UM EVENTO DE COLHEITA ESPECIAL).
MATERIAL NECESSÁRIO: FOLHAS DE PAPEL E CANETAS. UMA CANETA PARA E SEIS FOLHAS PARA CADA PESSOA PRESENTE. TAMBEM, SE POSSIVEL, PARA CADA PESSOA ARRUMAR UMA CAIXA, PODE SER DE SAPATOS (QUE VAMOS CHAMAR DE MALA DE VIAGEM).

 

 

Que Tipo de Vida Você Quer Ter?

OBJETIVO: LEVAR O VISITANTE A ABRIR SEU CORAÇÃO
FASE DA CÉLULA: GANHAR
DURAÇÃO: 30 MINUTOS (PARA UMA CÉLULA DE 4 A 12 PESSOAS OU ATÉ UM EVENTO DE COLHEITA ESPECIAL).
MATERIAL NECESSÁRIO: TRÊS COMPRIMIDOS DE SONRISAL EMBALADOS (COMPRIMIDOS EFERVECENTES) E TRÊS COPOS DE VIDRO TRANSPARENTE CHEIOS DE ÁGUA.

 

 

Seu Coração Está Cheio de Quê?

OBJETIVO: LEVAR AS PESSOAS A ENTENDEREM O QUE REALMENTE PREENCHE O SEU CORAÇÃO
DURAÇÃO: 30 A 40 MINUTOS (CÉLULA DE 4 A 12 PESSOAS)
MATERIAL NECESSÁRIO: BALÕES EM FORMA DE CORAÇÃO VERMELHO (CASO NÃO TENHA PODE SER DO COMUM), QUANTIDADE DE ACORDO COM O NÚMERO DE PESSOAS QUE ESTARÃO PRESENTES NA CÉLULA

 

 

Uma Flor Tem Nome

OBJETIVO: CRIAR VÍNCULOS, LIBERDADE E IDENTIFICAÇÃO. FAZER COM QUE TODOS SE TORNEM CONHECIDOS E CONHEÇAM A CRISTO
DURAÇÃO: 20 A 40 MINUTOS (CÉLULA DE 4 A 15 PESSOAS)
MATERIAL NECESSÁRIO: UMA FLOR (PODE SER NATURAL OU ARTIFICIAL) E CARTÕES DE LEMBRANÇAS

Dinâmica: NÚMEROS

29 09 2008
Objetivos:
Conhecimentos Pessoais.
Material:
Cartões com números diferentes.
Desenvolvimento:
Cada participante recebe um número que não deve ser mostrado para ninguém.
Dada a ordem, cada um vai procurar o número igual e não acha.
Comentam-se as conclusões tiradas (Somos únicos e irrepetíveis perante ao outro).
Palavra de Deus:
Lc 15.3-7 Sl 8.

Dinâmica: ESPELHO

29 09 2008
Objetivo:
Partilha dos sentimentos.
Desenvolvimento:
O ambiente deve ser silencioso.
Cada um deve pensar em alguém que lhe seja muito importante, aquém gostaria da atenção em todos os momentos, alguém que se ama de verdade, que merece todo cuidado.
Entrar em contato com essa pessoa e pensar os motivos que os tornam tão amada.
(Deixar tempo para interiorização).
Agora cada um vai encontrar a pessoa que lhe tem um grande significado.
Cada um em silêncio profundo se dirige até a caixa, olha a tampa e volta em silêncio para seu lugar. Depois se faz a partilha dos próprios sentimentos, das reflexões e conclusões de cada um.
Palavra de Deus:
Lc 12.1-3  Sl 131


Dinâmica: O OUTRO LADO

25 09 2008
Objetivos:
Ver o objetivo comum do grupo. Processo de comunhão e união. Análise da realidade.
Desenvolvimento:
(não dizer o objetivo da dinâmica).
O coordenador pede a todos que se coloquem no fundo da sala ocupando toda parede. Pede silêncio absoluto, muita atenção para a ordem que vai ser dada e que sejam rigorosamente fieis a ela. Deve manter silêncio durante a dinâmica.
A ordem é a seguinte: Vocês deverão procurar como grupo, atingir o outro lado da sala, da forma mais rápida possível e mais eficiente.
Repete-se a ordem várias vezes.
O coordenador dirá que a ordem não foi cumprida, pede ao grupo que recomece. Repita a ordem várias vezes, pedindo que haja silêncio.
NOTA: É bom que haja obstáculos pelo meio da sala (cadeiras…) dificultando a passagem. Ele considerará a tarefa cumprida quando julgar que o grupo se aproximou do ideal alcançando o outro lado unido, obedecendo ao ritmo um dos outros, tendo incluindo todos na travessia.
Em seguida fazer comentários sobre tudo que observaram e sentiram:
- Como cada um se sentiu?
- Quem se sentiu esmagado e desrespeitado?
- Quem ais correu ou empurrou?
- De que forma as lideranças foram se manifestando???
- Houve desistência no meio do caminho?
- Surgiram animadores???
Palavra de Deus:
1 Cor. 12,12-27 Sl 133





Dinâmica: QUEM SOU EU???

25 09 2008
Objetivo:
Conhecimento Pessoal

Material:
Papel e caneta
Desenvolvimento:
1. Refletir individualmente:
- A vida merece ser vivida?
- Somente a vivem os que lutam, os que querem ser alguém?
2. Escrever numa folha
- Quem sou eu? (enumerar seus valores, qualidades e defeitos).
- O que eu quero ser? (escrever o que quer com a vida, os seus objetivos e ilusões).
- Como atuo para chegar no que quero?
3. Terminada a reflexão pessoal, formar grupos para partilhar.
4. Avaliação:
- Como cada um se sentiu ao se comunicar?
- E depois da dinâmica?
Palavra de Deus:
Gn 1,26-31  Sl 139

Dinâmica: MANCHA OU PONTO

25 09 2008
Objetivo:
Oração, pedido de perdão, revisão de vida…
Material:
Uma folha branca com um ponto escuro ou mancha, bem no centro da mesa.
Desenvolvimento:
Mostrar ao grupo a folha com o ponto ou mancha no centro.
Depois de um minuto de observação silenciosa, pedir que se expressem descrevendo o que viram.
Provavelmente a maioria se deterá no ponto escuro.
Pedir, então, que tirem conclusões práticas.
Exemplo: em geral, nos apresentamos nos aspectos negativos dos acontecimentos, das pessoas, esquecendo-nos do seu lado luminoso que, quase sempre, é maior.
Palavra de Deus:
1 Cor 3,1-4 Sl 51

Dinâmica: MEUS SENTIMENTOS

25 09 2008
Objetivo:
Apresentação e entrosamento
Material:
Papel, lápis de cor.
Desenvolvimento:
Cada um deve retratar num desenho os sentimentos, as perspectivas que têm.
Dar um tempo para este trabalho individual que deve ser feito em silêncio, sem nenhuma comunicação.
Num segundo momento as pessoas se reúnem em subgrupos e se apresentam dizendo o nome, de onde vem, mostrando o seu desenho explicado-o.
O grupo escolhe um dos desenhos para ser o seu símbolo apresentando-o e justificando.
Pode-se também fazer um grupão onde cada um apresenta mostrando e comentando o seu desenho.
Palavra de Deus:
Fl. 1,3-11 SL 6.

Dinâmicas:CARTA A SI PRÓPRIO

18 10 2007
Objetivo:
Levantamento de expectativas individuais, compromisso consigo próprio, percepção de si, auto-conhecimento, sensibilização, reflexão, auto-motivação, absorção teórica.
Material:
Envelope, papel e caneta.
Como Fazer:
1) Individualmente, cada integrante escreve uma carta a si próprio, como se estivesse escrevendo a seu(sua) melhor amigo(a).
2) Dentre os assuntos, abordar: como se sente no momento, o que espera do grupo, como espera estar pessoal e profissionalmente daqui a 30 dias.
3) Destinar o envelope a si próprio (nome e endereço completo para remessa).
4) O facilitador recolhe os envelopes endereçados, cola-os perante o grupo e, após 45 dias aproximadamente, remete ao integrante (via correio)

Dinâmica:COMUNICAÇÃO GESTICULADA

17 10 2007
Objetivos:
Analisar o processo de comunicação gestual entre os integrantes do grupo.
Material:
Aproximadamente vinte fichas com fotografias ou desenhos para serem representados através de mímicas.
Como Fazer:
1. O coordenador auxiliado por outros integrantes deve encenar através de mímicas (sem qualquer som) o que está representado nas fichas, cada qual em um intervalo de aproximadamente um minuto.
2. Os demais integrantes devem procurar adivinhar o que foi representado.
Refletir:
Deve-se comentar a importância da comunicação nos trabalhos e atividades do cotidiano, bem como do entrosamento dos integrantes do grupo para que juntos possam até mesmo sem se comunicar entender o que os outros pensam ou desejam fazer.

Dinâmica:CONFIANÇA

17 10 2007
Objetivos:
Dinâmica com o objetivo de ver se o grupo todo confia nos seus integrantes.
Como Fazer:
1 – Cada dois ou três reunem-se e um dos três deve estar com os olhos vendados.
2 – Os outros dois vão guiá-lo por um circuito criado pelo grupo onde devem haver “obstáculos”.
3 – Os que estão com os olhos vendados devem confiar cegamente nos que estão os guiando.
4 – Depois mudam-se os trios ou duplas, muda-se um pouco o circuito, e repete-se o exercício com aqueles que não tiveram seus olhos vendados ainda.
5 – Depois, em uma conversa aberta, vê-se quem foram as pessoas que confiaram, ou não, em suas duplas!


Dinâmica: A TROCA DE UM SEGREDO

16 10 2007
Objetivos:
Fortalecer o espírito de amizade entre os membros do grupo.
Material:
Lápis e papel para os integrantes.
Como Fazer:
1. O coordenador distribui um pedaço de papel e um lápis para cada integrante que deverá escrever algum problema, angústia ou dificuldade por que está passando e não consegue expressar oralmente.
2. Deve-se recomendar que os papéis não sejam identificados a não ser que o integrante assim desejar.
3. Os papéis devem ser dobrados de modo semelhante e colocados em um recipiente no centro do grupo.
4. O coordenador distribui os papéis aleatoriamente entre os integrantes.
5. Neste ponto, cada integrante deve analisar o problema recebido como se fosse seu e procurar definir qual seria a sua solução para o mesmo.
6. Após certo intervalo de tempo, definido pelo coordenador, cada integrante deve explicar para o grupo em primeira pessoa o problema recebido e solução que seria utilizada para o mesmo.
7. Esta etapa deve ser realizada com bastante seriedade não sendo admitidos quaisquer comentários ou perguntas.
8. Em seguida é aberto o debate com relação aos problemas colocados e as soluções apresentadas.
Possíveis questionamentos:
1. Como você se sentiu ao descrever o problema?
2. Como se sentiu ao explicar o problema de um outro?
3. Como se sentiu quando o seu problema foi relatado por outro?
4. No seu entender, o outro compreendeu seu problema?
5. Conseguiu pôr-se na sua situação?
6. Você sentiu que compreendeu o problema da outra pessoa?
7. Como você se sentiu em relação aos outros membros do grupo?
8. Mudaram seus sentimentos em relação aos outros, como conseqüência da dinâmica?